Biblioteca Digital
Conteúdo
Biblioteca Digital
Unimep
Teses e Dissertações
   Documentos » Visualiza documento
Voltar
   Informações do registro
Título A IMAGEM REFLETIDA: OLHARES PARA O SER ENVELHECIDO EM DIFERENTES CONTEXTOS ...
Orientador REGINA MARIA ROVIGATI SIMOES
Autor LUCILENE FERREIRA
Palavra chave IMAGEM CORPORAL, CORPO IDOSO, ASILOS
Grupo CNPQ
Programa MS - EDUCAÇÃO FÍSICA
Área CIÊNCIAS DA SAÚDE
Data da defesa 27/04/2006
Nº Downloads 6092
Resumo Este estudo tem como objetivo identificar traços da imagem corporal do idoso asilado e como os profissionais que o atendem o vêem, a partir dos discursos dos mesmos. Inicialmente fizemos uma pesquisa bibliográfica visando estabelecer uma reflexão entre o processo de envelhecimento nas dimensões fisiológica, psicológica e social, partindo para a compreensão do tema imagem corporal, enfatizando a forma com que se cultua o corpo atualmente e como a imagem corporal na velhice pode ser influenciada por estar submetida a signos sociais. Em seguida abordamos a realidade das instituições para idosos e os tipos existentes no Brasil, apresentando aspectos positivos e negativos da institucionalização. Já a pesquisa de campo foi realizada com 22 e 09 idosos oriundos de dois asilos, sendo um público e outro privado e com 09 e 10 funcionários da mesma localidade. Como instrumento da investigação, utilizamos uma entrevista estruturada, contendo, além do perfil uma pergunta geradora, sendo que para os idosos foi assim grafada: Para você, como é seu corpo? E para os funcionários: Para você, como são os corpos desses idosos? A análise dos discursos foi feita através da adaptação de Simões (1998) para a Análise de Conteúdo proposta por Bardin (1977). Entre os discursos dos idosos da instituição 1 e 2, observou-se que os mesmos apresentam, prioritariamente, uma percepção negativa de seus corpos, havendo uma maior prevalência, respectivamente, para as categorias corpo envelhecido (72% e 33%); limitado (41% e 22%); esperando a morte (36% e 22%); doente (32% e 33%) e excluído (18% e 11%). Da mesma forma, observamos nos discursos dos funcionários da instituição pública e privada, que a percepção que tem dos corpos idosos o qual mantêm contato, é, respectivamente em cada asilo, associado à idéia de um corpo envelhecido com características de dependente (44% e 80%); carente (77% e 30%) e fraco e frágil (44% e 50%), havendo menor prevalência para uma percepção mais positiva do corpo idoso. Assim, os resultados apontam que tanto os idosos como os funcionários, de ambas as instituições, apresentam uma visão estereotipada do corpo no processo de envelhecimento, podendo influenciar de forma negativa no desenvolvimento da imagem corporal do idoso. Palavras-chave: Imagem Corporal - Corpo Idoso - Asilos
Abstract This report goal is to identify the elderly body image while they are living in the elderly home and how the professionals who take care about them see them from their own reports. At first it was made a bibliographic research inorder to establish a reflection among the aging process inits physiological, psycoçogical and social dimension,setting out towards the understanding of the body image subject, emphasizing the way how the current body-cult and how the aging body image might be influenced by being under social signs. Next it was made an approach about the instituition for elderly people and the kinds of it that exists in Brazil presenting the positive and the negative institutionalization features. The field research was taken place among (22 - 9) elderly people that came from two elderly people home, one of them was public and the another one was private, and among (9 - 10) workers of the same instituitions. As a research tool it was made use a structural interview which holds in addition to the profile agenerated question; for the elderly people were asked :"How does your body look like for you?" and for the workers: "How does the elderly people body look like for you?". The report analysis was made through Simões adaptation (1988) to the Analysis of Contents proposed by Bardin (1977). Among the elderly people reports of the instituition (1 and 2), it was observed that mainly they show a negative perception of their bodies, ther being a greater prevalence, respectively, for the categories: aging body (72% - 33%); limited (41% - 22% ); waiting for death (36%- 22% ); sick ( 32% - 33% ) and excluded ( 18% -11% ). At the same way, it was obseved from the workers reports of the public and private instituitions that the perception they have about the elderly people whom they keep in touch, it is, respectively, in each of the elderly people home, associated to the body aging idea with: dependent ( 44% - 80% ); wanting ( 77% - 30% ); weak and fragile ( 44% - 50% ), there being a smaller prevalence towards a better perception of the elderly body. So the results point that as the elderly people as the workers of both institutions, show a body stereotyped sight of the body aging process, which is able to influence in a negative way the elderly body image development. Key-words: Body image - elderly body - Elderly people home
 
Download do arquivo Envia e-mail para autor Envia e-mail para orientador